Poupa dinheiro no teu casamento

Poupa dinheiro no teu casamento com as minhas dicas. Porque mereces ter o teu casamento de sonho, com fogo de artifício e um brinde com champanhe.

Poupa dinheiro no teu casamento com as minhas dicas.
Poupa dinheiro no teu casamento com as minhas dicas.

Todos os noivos querem ter um casamento bonito rodeado com família e amigos. E se queres casar de tiara, como uma verdadeira princesa, a organização é a chave.

Poupa dinheiro no teu casamento

1. Estação do ano: não existe só o Verão

A maioria dos casais quer casar no verão, porque está bom tempo e a previsão de chuva, se tudo correr bem, é negativa. Não queres ninguém molhado e a passar frio.

No entanto, é a época mais procurada e encarece o preço. Por que não ter um casamento entre Novembro e Março? Imagina um casamento de outono, muito cosy ou no inverno com as luzes de natal?

Se queres poupar este é o rumo. Só tens mesmo de estar preparado para enfrentar o temporal, mas como dizem “casamento molhado, é casamento abençoado”.

Sabe como estar preparado para a chuva e tirar o maior partido de um dia chuvoso e nublado, aqui.

2. Dia da semana

A maioria dos casais escolhe o sábado por conseguir reunir os familiares. Alguns, nem precisam de tirar dias de férias para festejar a união do casal, mas como é um dia muito procurado é mais difícil encontrar uma data.

Mas porque não escolhes realizar o casamento a uma sexta-feira ou um domingo?

Além do preço ser mais baixo, terás maior facilidade em contratar os profissionais que gostasses que estivessem presentes no teu casamento, como o/a fotógrafo/a ou o catering.

Visto que, estes, não estarão ocupados.

3. Flores

Poupa dinheiro no teu casamento com os arranjos de flores, estes devem ser pensados com as flores da “época”.

Evitas pagar mais por flores que tiveram de ser encomendadas. Podes, também, escolher por significados e cor.

Flores de outono

  • Crisântemos: felicidade, vida completa, verdade, sinceridade, perfeição e simplicidade;
  • Dálias: reconhecimento, harmonia e gentileza;
  • Dália branca: símbolo de união, comprometimento e esperança;
  • Jarros: pureza, paz, tranquilidade e calma;
  • Flor áster: símbolo de fidelidade, amor, paciência, lealdade, sabedoria, luz e poder.

Flores de verão

  • Jasmin: pureza, inocência e paz;
  • Lilases: amor e feminilidade;
  • Gardénias: pureza, sinceridade, doçura e amor secreto;
  • Magnólias: pureza e nobreza.

Opta por arranjos simples que não sejam demasiadamente elaborados. Com, por exemplo, uma flor entre ramagens com flores da mesma cor à volta.

4. Bouquet das damas da noiva

As damas da noiva são fundamentais num casamento e por isso também devem ter o seu bouquet.

Este deve ser mais pequeno que o da noiva e para que possas poupar o ideal é optar por um ramo ou uma única flor.

Exemplo: um bouquet só com a flor da noiva.

5. Convites

Os convites têm de ser enviados com antecedência para os convidados terem tempo para se prepararem. Desde tirarem férias ao guarda-roupa. Quanto aos noivos, precisam de tempo para organizar todo o evento.

Uma lista de 150 pessoas é melhor do que uma com 300 pessoas. Além de ser mais barato, um casamento pequeno e intimista é mais fácil de gerir. E não te esqueças que muitas pessoas trazem um acompanhante.

Aproveita o digital e envia o convite por e-mail.

6. Local do evento

Independentemente do casamento ser ou não no verão, tens de estar sempre preparado para a chuva.

Se fizeres a cerimónia e a festa ao ar-livre, garante que existe sempre uma alternativa caso comece a chuviscar.

Fica mais barato se a cerimónia e a festa forem ambas no mesmo local. Escolhe um sítio com capela ou um espaço onde possas oficializar a união.

7. Vestido de noiva

Consegues alugar um vestido em algumas lojas, como a Slim Noivas ou a Ilon.

Ou podes comprar o vestido de sonho quando estiver em promoção. Subscreve as newsletters das tuas lojas favoritas e segue-as nas redes sociais.

8. Organização

Muitas empresas, especialistas em casamentos, organizam tudo o que os noivos precisam para o casamento de sonho.

Começa por ir a feiras temáticas, conhecê-las e aos preços que fazem. Primeiro questiona sobre os pacotes mais básicos, porque depois sempre podes fazer um upgrade a um ou a outro serviço.

Estas empresas poupam imenso tempo e o casamento não precisa de ser tradicional, podes procurar alternativas.

9. Fotógrafo

Fica com todas as fotografias digitais que não sofreram tratamento. Podes sempre usá-las no futuro e até enviar aos teus amigos e familiares.

Aproveita, também, para tirar muitas fotografias. Não é todos os dias que tens um fotógrafo profissional à tua disposição para captar todos os momentos.

10. Música

Contrata um DJ em vez de uma banda de música. Vai animar a festa durante o dia e a noite.

11. Lanche e jantar

Imagina um casamento só da parte da tarde? Não precisas de te levantar durante a madrugada e começas o dia com mais calma. Poupas, também, porque não pagas pelo dia inteiro.

12. Ofertas aos convidados

As melhores ofertas são as que podes fazer como, por exemplo, doces ou bolachas.

Podes oferecer por convidado um livro comprado numa feira a 1€. Se gostares de ler é um gesto muito bonito. Assim, como a temática da distribuição das mesas ser por obra. Em alguns casamentos fazem por banda de música.

Sê original, mas o objetivo é que seja algo útil e que não gastes muito dinheiro.

Começa a preparar o teu orçamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.