8 Truques para poupar no seguro de saúde

A nossa saúde é valiosa e não deve ser menosprezada. O Serviço Nacional de Saúde, nem sempre consegue a rapidez que precisamos. Antecipando situações, e sendo a saúde o nosso futuro, sabe como podes poupar no seguro de saúde.

Não prescindas do que é mais importante. Sabe como poupar no seguro de saúde.
Não prescindas do que é mais importante. Sabe como poupar no seguro de saúde.

As nossas escolhas são decisivas para o nosso bem-estar. Nem sempre colocamos a saúde em primeiro lugar, apesar de sabermos que o devíamos fazer. Adiamos aderir a planos de saúde ou ao seguro de saúde, porque pensamos que o futuro demora ou está muito longínquo.

Cremos que pagar por mês uma determinada quantia é uma perda de dinheiro e não vemos esse pagamento como uma poupança ou salvaguarda. Enquanto não virmos os seguros neste prisma, nunca compreenderemos o seu real valor. Será o teu caso?

Vou começar por explicar porque deves ter um seguro de saúde. Depois vou dizer-te como podes poupar. Mas lembra-te… a vida não é para ser poupada, mas sim, cuidada.

Porque deves ter um seguro de saúde?

1. Conforto

O conforto é muitas vezes associado com o seguro de saúde e isto deve-se ao fato de termos que nos expor a alguém sobre o que estamos a sentir e onde. E mais do que falarmos com alguém é sentirmos que o podemos fazer em segurança, num ambiente acolhedor e que a outra pessoa (médico) nos está a ouvir.

Queremos ser bem tratados, não que nos apressem a falar. Não queremos sair do consultório com dúvidas.

O seguro de saúde possibilita que tenhas um melhor atendimento, tens à escolha vários especialistas e podes ir à clínica ou ao hospital da tua preferência.

És atendido mais rápido, não tens de esperar meses, e não te apressam a falar.

A saúde não é igual para toda a gente.

2. Marcação de consultas

As doenças surgem sem avisar, podem ser só um mau estar ou algo pior, mas queres, de certeza, ir logo ao médico e perceber o que se passa.

A vantagem do seguro de saúde é a rapidez com que consegues marcar a tua consulta. Tens também acesso a consultas ao domicílio ou online (teleconsulta).

Se for mais urgente, podes ir às urgências de um hospital privado.

Não deixes que a tua saúde se torne um desafio.

3. Exames e tratamentos

Uma das maiores dificuldades são os exames ou tratamentos. Sem seguro ou apoio do Serviço Nacional de Saúde, pode tornar-se bastante dispendioso ou impossível de sustentar (consoante o orçamento familiar).

Estes exames podem não ser apenas um e ao longo dos tratamentos, podem ser várias as vezes que têm de ser feitos. A consulta, os exames e os tratamentos podem chegar a valores impossíveis de comportar.

Entre a espada e a parede, sem seguro de saúde, só tens três soluções: utilizas o dinheiro das tuas poupanças, recorres ao teu fundo de emergência ou decides usar o plafond do cartão de crédito, podendo originar uma dívida.

Os complementos não são em linha reta, mas muitos “s”, com várias curvas. Subidas e descidas.

Ficaste a pensar se vale a pena fazer um seguro de saúde?

4. Diferença entre seguro de saúde e plano de saúde

Seguro de Saúde

Com período de carência

O prémio aumenta com a idade

Cobre hospitalizações, parto, doenças graves…

Podes ser assistido fora da rede convencionada

Mais especialistas por área

Mais coberturas, mais abrangente

Plano de Saúde

Sem período de carência

Não tem limite de idade

Não cobre hospitalizações, parto, doenças graves…

Não podes ser assistido fora da rede convencionada

Menos especialistas por área médica

Menos abrangente

Um protege-te em todas as situações, o outro é para consultas esporádicas.

Poupar no seguro de saúde

Para poupar no seguro de saúde não existe grande magia, mas podes fazer pequenas coisas, como:

1. O teu dia-a-dia

Os preços do seguro de saúde são feitos tendo em conta o historial clínico. Se fores uma pessoa ativa, o preço será sensivelmente mais baixo.

Isto significa que fazes desporto, tens uma alimentação saudável, não fumas, evitas as bebidas alcoólicas. Ou seja, acreditas que cuidar de ti é uma prioridade.

2. O seguro “perfeito” para ti

Todos os seguros são diferentes, porque não somos todos iguais. Dependem muito da situação familiar.

Podes precisar mais de seguros relacionados com oncologia, e internamentos no hospital ou simplesmente, para consultas ocasionais.

O seguro deve ser feito com alguém que saiba quais são as coberturas ideias para ti. Escolhe quem tem a melhor informação para que não pagues por coisas que não vais precisar.

Os mediadores de seguro têm conhecimento dos melhores produtos e onde ir buscar os preços mais baixos.

3. Atenção aos pormenores

A tua vida está em constante movimento, por isso o teu seguro tem de ir mudando ao longo do tempo.

O que precisas aos 30 anos, não vai ser igual quando tiveres 40 ou 50 anos, por isso, precisas de estar sempre em contato com o teu segurador ou mediador para estares sempre atualizado das melhores propostas e pacotes.

4. A família aumentou

É sempre importante perceber junto da seguradora se beneficias se juntares ao teu seguro de saúde familiares, como filhos, por exemplo.

 

Alguns pacotes ficam mais baratos, dependendo das circunstâncias.

5. Vários seguros, várias seguradores

Às vezes não existe vantagem nenhuma em teres os seguros espalhados por várias seguradoras.

A ideia da seguradora é que sejas um cliente que usufrui de todos os seguros que tenham e por isso, podem fazer descontos que te poupam a carteira.

6. Pagamento dos seguros

Podes ver junto do teu segurador ou mediador qual a vantagem dos pagamentos mensais, fraseados ou anuais.

Escolhe a opção que te ajude a poupar no seguro de saúde (ou seguros).

7. Benefícios fiscais

A saúde tem benefícios fiscais no IRS, por isso, ao teres um seguro de saúde, os gastos são dedutíveis até ao limite de 1000 euros.

8. Seguradora

Faz o teu seguro numa seguradora que tenha vários seguros (vida, habitação, carro…) ou procura um mediador que te encontre as melhores soluções e os melhores preços.

Nunca te contentes com o mínimo. Quando podes ter o melhor a bom preço.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.