4 perfis do consumidor pós-pandemia

A pandemia mudou os hábitos e comportamentos do consumidor. As pessoas têm procurado desenvolver o seu mindset financeiro para enfrentar os problemas e encontrar soluções.

Uma coisa é certa. Não se pode voltar a cometer os mesmos erros. As famílias procuram que o seu futuro seja tranquilo e equilibrado.

Com a pós-pandemia surgiram novos 4 perfis do consumidor. Ao conhecermos as suas características principais podemos identificar onde poupam.

Estes novos consumidores reinventam, ainda, a maneira como se faz negócios. Ter um rendimento extra para colmatar necessidades ou ambicionar ganhar mais é uma visão de sucesso.

Um destes consumidores podes ser tu. O confinamento pode ter criado muitas incertezas, mas também muitas oportunidades, inovação, resiliência e crescimento.

Melhora a tua vida e torna-te financeiramente independente.

Os 4 perfis do consumidor pós-pandemia
Os 4 perfis do consumidor pós-pandemia

1. Everyday Optimisers

Os “Everyday Optimisers” procuram a estabilidade e segurança financeira. São pessoas que poupam onde conseguirem.

Aderem a cartões de descontos, reutilizam produtos e gostam de experimentar antes de comprar.

No online fazem o agendamento das suas compras, porque sabem o que querem e quando querem receber.

A característica que mais se destaca é que não fazem compras por impulso. Ponderar bem os produtos que se adquire é essencial para quem quer poupar.

2. Reality Reinventors

A pandemia despertou o lado mais criativo dos “Reality Reinventors”. Aprendem, desenvolvem novas competências e encontram alternativas para a utilização de produtos, dando-lhes uma nova vida.

São pessoas muito resilientes e que se adaptam, rapidamente, a qualquer tipo de situação.

A grande vantagem de dar uma nova vida aos produtos, sejam eles embalagens ou comida, é a facilidade com que se identifica o que está a mais.

Cortar gastos desnecessários é o objetivo de qualquer orçamento financeiro. Daí, ser fundamental o registo das despesas.

Os “Reality Reinventors” são poupados porque recorrem à sua criatividade.

3. Wellbeing Seekers

O confinamento fechou-nos em casa. É natural querer conforto e um estilo de vida saudável.

Os “Wellbeing Seekers” como procuram o bem-estar, fazem as suas compras a pensar nos produtos frescos, frutas e legumes da época.

Passam mais tempo em casa, provavelmente, trabalham de forma remota e não se preocupam com despesas relacionadas com deslocamentos e combustíveis.

Gostam de participar em atividades gratuitas como cinema “em casa”, concertos, museus, ofertas culturais, dos municípios ou associações ou aproveitar descontos para assistir a peças de teatro.

4. Collective Activists

Preocupam-se com questões sociais e ambientais. São mais sustentáveis e amigos do ambiente e poupam quando compram produtos em segunda mão.

Estes produtos muitas vezes desapreciados estão, normalmente, em bom estado e preço e são de qualidade/marca. Ao adquirir combatem o desperdício.

Com o crescimento da inflação os novos produtos são mais caros devido ao aumento dos custos de materiais.

E o online facilita a venda. Muitas coisas estão por casa a ocupar espaço e que não são utilizadas significam boas fontes de dinheiro. Uns usam, outros não.

Agora que conheces os 4 perfis do consumidor, aprende a criar o teu: “Fundo de Emergência – Uma Estratégia Financeira para os Imprevistos da Vida”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.