5 hábitos de consumo que prejudicam as tuas finanças

Alguns hábitos de consumo podem prejudicar as tuas finanças e se achas que andas a gastar demasiado está na altura de analisar a tua rotina.

Quais são os hábitos de consumo que te impedem de poupar e investir?
Quais são os hábitos de consumo que te impedem de poupar e investir?

Existem cinco hábitos que as pessoas nem reparam, mas que fazem todos os dias. Estes hábitos consomem rapidamente o dinheiro que tens na carteira. Quando te apercebes já é o fim do mês.

O arrependimento, chega de rompante, pois não devias ter gasto tanto. A questão que surge é onde foi que se gastou o dinheiro.

Chegou, então, a altura de rever até cansar os olhos o orçamento familiar. Mas, antes disso, vamos conhecer os possíveis hábitos.

Os hábitos de consumo que prejudicam as tuas finanças

1. O café

Gostas de beber café fora? O ambiente, o cheiro, o som da máquina, as pessoas. Sabe bem sair e ir até um café. Se às vezes só bebes um café, noutras consomes mais alguma coisa. É um pãozinho ou um bolinho.

Por vezes, és capaz de aproveitar aquele delicioso brunch ou a tábua com doces, pães, bolos e bebidas.

É bom sair da rotina e ir comer fora, mas um café por dia está a rondar 1€, são 30€ por mês que não poupas, não colocas de lado para a reforma. E em média uma pessoa chega a beber três cafés por dia.

Mesmo fazendo este consumo em casa, este hábito pode estar a prejudicar as tuas finanças.

Dica: Paga sempre a dinheiro com um valor que determines para os gastos do mês em café ou restaurante. Depois de contas feitas podes equilibrar com outras escolhas, como que café ter em casa. Que termo usar. Quantos cafés por dia ou onde cortar.

Adere a uma alimentação mais sustentável para poupar em casa.

2. Passeio de fim-de-semana e os pequenos gastos

O fim-de-semana é sem dúvida para passear e relaxar. Mas muitos destes passeios são feitos no shopping e este é um sítio convidativo para gastar.

Tens este hábito de consumo? Entras numa loja e não resistes, aproveitas para comer e desfrutar de uma sobremesa, ir ao cinema, comer pipocas, beber uma bebida.

São gastos, às vezes, pequenos, mas que feitos todos os fins-de-semana prejudicam as tuas poupanças.

Dica: Quebra esta rotina. Determina dias em que não vais comprar nada ou adopta outro hábito, como passear num jardim, levar a tua comida de casa e desfrutar de um dia de sol e atividade física ao ar livre.

3. Oferta para mim

Os hábitos de consumo surgem muitas vezes por impulso e mantêm-se até mudarmos. Como aquelas ofertas que fazemos para nós para comemorarmos vitórias ou, especialmente, quando nos sentimos mais em baixo.

Dizemos “hoje vou comprar porque mereço” e na realidade mereces. No entanto, se não tiveres o orçamento familiar atualizado e controlado, talvez não devas fazer essa compra.

Nas finanças pessoais temos sempre escolhas. Por isso, não devemos esquecer o futuro e o que vais precisar mais para a frente.

Objetos de decoração, facilmente são ultrapassados e deixam de ter utilidade, o mesmo acontece com a roupa quando passa de moda.

Dica: Questiona sempre quando vais comprar alguma coisa. Queres mesmo comprar? O produto tem utilidade? Vais utilizar?

4. Promoções

Cada vez que existe uma promoção, aproveitas para comprar, mesmo que não precises de nada em específico. E se encontras alguma produto que esteja mesmo muito barato consideras um achado e uma vitória.

As promoções são extremamente perigosas e desafiam o controle de qualquer pessoa.

Dica: Aproveita as promoções para comprar prendas de aniversário ou de natal. Tem sempre presente o teu orçamento familiar. Faz uma lista e decide até quanto queres gastar. Nunca gastes só por gastar.

5. Benefícios dos produtos

Um dos grandes problemas nos hábitos de consumo é querermos um produto e optar pelo mais barato sem analisar características, benefícios ou vantagens.

Ao percebermos que  fizemos uma má compra, voltamos a comprar e a gastar dinheiro. Tudo porque não ponderamos a compra e deixamo-nos levar pelo marketing, conselhos de outras pessoas ou preços.

Dica: Antes de comprares seja o que for deves analisar se o produto é adequado para as tuas necessidades.

Os hábitos de consumo: desilusão e comportamentos

Muitos produtos ficam aquém por não terem todas as funcionalidades, ficando o seu preço relativamente mais baixo.

Lembra-te que é importante adoptar comportamentos saudáveis em relação aos hábitos de consumo, porque podem ajudar a economizar para atingir objetivos.

Desta forma, evitas as dívidas se tiveres sempre presente os aspetos base de uma boa gestão das finanças pessoais: fazer poupanças, ter um fundo de emergência e investimentos.

Controla os gastos e compra com responsabilidade. Faz um consumo responsável, tendo sempre presente o impacto no meio ambiente, nos direitos humanos e na economia.
Ser responsável e sustentável é contribuir para o bem-estar da comunidade onde se vive.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.