Como poupar no crédito habitação

A poupança deve ser vista como uma prioridade e é possível poupar em muitos serviços. O crédito habitação não é exceção, mas é preciso vontade e determinação em querer mudar. Poupar no crédito habitação é um processo bastante simples e passa pela procura de um spread mais baixo.

Este pode ser conseguido renegociando com o teu banco ou através da transferência do crédito habitação.

Se tens um spread a 1% está na altura de poupar no crédito habitação
Se tens um spread a 1% está na altura de poupar no crédito habitação

Menu do artigo

Poupar no crédito habitação: baixar o spread

Analisar a oportunidade de transferência

Esta é a oportunidade ideal para conseguir um spread mais baixo do que o que tens contratado no teu banco atual.

Quando a Euribor sobe, os bancos reduzem o spread nos contratos de crédito habitação como estratégia que funciona tanto a favor deles, como dos clientes.

Há diversos bancos que oferecem spreads inferiores (até 1%) e que suportam os custos da transferência do teu crédito habitação.

Porque baixam os bancos o spread

Estabilidade das Prestações

A taxa Euribor influencia as taxas de juros variáveis no crédito habitação e/ou empréstimos hipotecários.

Quando a Euribor sobe, a taxa de juros dos empréstimos também aumenta. O que por sua vez, leva a um aumento nas prestações mensais dos mutuários, o que pode causar dificuldades financeiras para os clientes.

Concorrência no Mercado

Para evitar o impacto financeiro negativo sobre os clientes (e possíveis incumprimentos) e também para permanecerem competitivos no mercado, os bancos podem optar por reduzir o spread quando a Euribor sobe.

É uma estratégia para manter a prestação mensal relativamente estável, tornando as mudanças nas taxas de juros menos difíceis para os mutuários.

Os clientes, também, podem renegociar com o banco para mudar a taxa de juros de variável para fixa.

Manter Clientes Satisfeitos

Reduzir o spread melhora a satisfação do cliente, uma vez que o cliente percebe que o banco toma medidas para minimizar os aumentos das prestações.

Mitigação de Riscos

As prestações mensais mais altas podem levar a um aumento no número de pessoas com dificuldades em fazer os pagamentos.

Os bancos podem optar por reduzir o spread em resposta às mudanças na Euribor, enquanto outros podem manter o spread inalterado ou até mesmo aumentar. A decisão de cada banco depende da sua estratégia, mercado, regulamentações e considerações financeiras internas.

Dada à crise económica, muitos bancos portugueses já estão a fazer spreads a 0,8%, sabe mais aqui.

Poupar no crédito habitação milhares de euros

A transferência bancária pode trazer-te mais poupança, porque imagina uma prestação de 450,04€ com um spread de 2.65%.

Com a transferência para outro banco com um spread a 0%, a prestação passa a 353,84€. Vais poupar mensalmente 96.20€ o que significa que anualmente poupas 1.1544€.

Não fiques preso a uma prestação alta. Começa a poupar no crédito habitação

Vantagens na transferência bancária

Redução na prestação

Mudar para um banco com um spread mais baixo reduz significativamente o valor da prestação, permitindo-te poupar a longo prazo, caso contrário não valerá a pena a transferência, a não ser que seja feita por algum caso específico.

Menos riscos de aumento

Com as previsíveis subidas da Euribor, transferir o crédito pode ajudar a evitar aumentos imprevistos nas prestações, porque podes negociar uma taxa fixa.

Menos comissões bancárias

Outra vantagem é a potencial redução nas comissões bancárias.

Os bancos já não podem cobrar pelo processamento da prestação do empréstimo e o banco que aceita a transferência bancária assume os custos de transferência.

Segundo o jornal Eco a poupança está “entre 180 euros e 420 euros em dez anos, até ao fim do contrato – tendo em conta a comissão mínima (que é aplicada pelo Eurobic) e a máxima (aplicada pelo Novobanco)”.

Decidir pela mudança

Surgem sempre dúvidas relativamente à mudança de um banco, mas para poupar no crédito habitação é preciso que tomes essa decisão.

Existem várias questões, às quais podes responder para analisar se é ou não a melhor decisão para ti:

  • Estás disposto a mudar de banco para poupar milhares de euros?
  • Vale a pena trocar de banco e aumentar/encurtar a duração do empréstimo?
  • Queres minimizar os riscos de aumento das prestações devido às flutuações da Euribor?
  • Queres evitar as comissões bancárias elevadas?
  • Estás com dúvidas?

Porque deves ter um intermediário de crédito

  • Tens liberdade de escolha quanto à instituição bancária e acesso às melhores condições de crédito;
  • Os intermediário de crédito têm protocolos e parcerias com diversos bancos que permitem acesso a condições privilegiadas e mais vantajosas devido ao conhecimento do mercado;
  • Tens o teu caso analisado de forma personalizada e aconselhamento;
  • Não tens de te preocupar com a burocracia e decodificar a linguagem bancária;
  • Não perdes tempo a contactar o teu banco e a renegociar, o que diversas vezes é infrutífero. Normalmente oferecem a redução de décimas, compensando mais mudar de banco;
  • Tens apoio durante todo o processo, inclui também assistência contínua durante o contrato em vigor;
  • O serviço do intermediário de crédito é totalmente gratuito para o cliente.

A tomada de uma decisão é um passo importante, por isso com a ajuda de um intermediário de crédito que analisa cuidadosamente o que é melhor para ti, torna-se mais fácil tomar a decisão.

Resumo

Este artigo aborda a oportunidade de poupar na transferência do crédito habitação, principalmente na redução do spread. Destaca que quando a Euribor aumenta, os bancos frequentemente diminuem o spread para manter as prestações estáveis.

É benéfico para a instituição e, principalmente para os clientes que evitam dificuldades financeiras. A transferência do crédito habitação para um banco com spread mais baixo é uma maneira de poupar significativamente. Além disso, a análise de vantagens como redução de riscos, comissões bancárias e prestação estável é crucial na tomada de decisão.

A participação de intermediários de crédito é destacada como benéfica, oferecendo acesso a melhores condições, apoio e orientação no processo, com a vantagem de ser um serviço gratuito para os clientes. O artigo enfatiza a importância da determinação de mudar e explorar opções como um meio eficaz de poupar no crédito habitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.