Como poupar com o nosso animal de estimação

Vamos cuidar bem, mas também aprender como poupar com o nosso animal de estimação. Para lhe podermos dar boa comida e bons cuidados médicos.

Como poupar com o nosso animal de estimação
Como poupar com o nosso animal de estimação

Tal como temos estado a poupar quando vamos ao supermercado ou hipermercado, temos que arranjar estratégias para que o nosso melhor amigo não sofra com a subida dos preços.

Como poupar com o nosso animal de estimação deve começar pela adopção. Adotar não é apenas uma questão financeira, é dar um lar e amor a um cão ou gato que foi abandonado.

Os canis asseguram a saúde do animal, o chip e a operação de esterilização. O que pedem aos futuros donos é um pagamento simbólico ou comida, entre outros acessórios para o canil/gatil.

Conhece outras dicas/truques

1. Poupar com o nosso animal de estimação: raça

Quando vais adotar tens de ter em atenção a raça, se é de porte grande, médio ou pequeno. E porquê? Porque depois vai ter influência nos seus gastos, principalmente na comida.

A verdade é que podes não ter possibilidades de o alimentar convenientemente. É como ter mais um membro da família sentado à mesa e os animais precisam de comida própria com muitas vitaminas e nutrientes.

A comida vai tornar o pêlo mais sedoso e brilhante, impedir que tenha problemas urinários ou digestivos.

2. Consultas veterinárias: Seguro

Ir regularmente ao veterinário é fundamental para assegurar a saúde e o bem-estar do nosso amigo.

Temos, como seu cuidador, garantir que tem sempre as vacinas em ordem e que em  qualquer situação anormal seja seguido por um/a veterinário/a.

Estes tratamentos ficam caros, com exames e, se o animal tiver de ser internado, os preços aumentam.

Por isso, com um seguro a consulta e os tratamentos ficam com um preço mais acessível, porque as doenças surgem de forma inesperada e temos que saber como lhes fazer frente.

Descobre o que a UniPeople pode fazer por ti.

3. Cama

Muitos donos, como é natural, querem mimar o cão ou o gato. Então tudo o que veem acham giro e compram todos os acessórios e brinquedos, mas não é necessário fazê-lo.

Poupar com o nosso animal de estimação é arranjarmos um lugar na casa que seja só deles. Sinceramente, não precisam de muito. Um lugar no sofá ou uma poltrona que já não seja utilizada.

Um cobertor e para os gatos, apenas é fundamental ter arranhadores. De resto, podes fazer a cama do teu amigo de quatro patas. Com almofadas, reutilizando roupas velhas ou costurando.

4. Brinquedos

Estimular a brincadeira e a caça nos animais é uma maneira de os ajudar a libertar energia. É, também, uma forma de criar laços com o nosso animal de estimação, principalmente, com os gatos.

Podemos fazer os brinquedos em casa, só tendo em atenção se não são materiais que poderão fazer mal e manter uma vigilância constante enquanto brincam.

5. Cuidados com a higiene

Se nos anteciparmos, vamos conseguir poupar dinheiro, como é no caso dos dentes.

Os donos que não têm cuidado com os dentes dos seus animais de estimação, terão no futuro custos exorbitantes com consultas no dentista. O animal poderá até perder alguns dentes por causa do tártaro.

A escova de dentes ou pasta não são caras e ao lavares regularmente os dentes do animal de estimação vais conseguir evitar muitos problemas no futuro.

Ao começares cedo quando o cão ou gato são pequenos, facilmente se habituarão a esta rotina.

Aprende, igualmente, a cortar as unhas e o pêlo.

6. Compras

Comprar online pode ser mais barato do que comprar em loja. No entanto, para encontrar bons preços, antes de comprares deves pesquisar muito bem.

Algumas lojas e lojas online têm descontos que podes aproveitar ou se tiveres cupões de desconto deves utilizá-los.

Consoante o que precises, online, comprar em quantidade pode ser uma vantagem, por isso, segue as tuas lojas favoritas nas redes sociais e subscreve as newsletters.

7. Desparasitação

A desparasitação interior e exterior garante a saúde do animal e a tua que convives com ele/ela diariamente.

Vai evitar parasitas, como pulgas e carraças. Algumas doenças como o parasita Leishmania canina para o qual não há cura e pode ser fatal.

  • Aconselha-te com o/a teu/tua veterinário/a.
    • Prevenção em casa para evitar parasitas:
    • Aspirar regularmente;
    • Limpar e lavar a cama onde o animal dorme;
    • Limpar as zonas mais difíceis como esquinas, atrás de móveis e eletrodomésticos;
    • Evitar que os animais frequentem zonas sem sol, como a despensa, por baixa da cama ou sofá.

8. Comunidade

Conhecer outros donos de animais vai ajudar-te a criar uma rede de partilha. Vais receber dicas que desconhecias, tirar dúvidas, podem, até,  juntar-se para comprar comida em quantidade e saber de descontos ou sites com promoções.

9. Exercício

Os animais se não fizerem exercício (correr, brincar) podem desenvolver problemas de saúde como obesidade, depressão, entre outros problemas.

Por isso, é importante passear no parque/jardim, brincar muito e aproveitar enquanto se brinca para treinar o comportamento do nosso amigo.

No YouTube encontras muitos vídeos que te vão ensinar como treinar o teu cão ou gato.

10. Poupança

A poupança deve ser pensada como uma prevenção e nunca se sabe mas poderás ter de recorrer a uma poupança no caso de um imprevisto de saúde com o teu amigo de quatro patas.

Envolve a família no cuidado do animal de estimação e juntos criem objetivos de poupança. Sabe como neste artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.