Mulheres, finanças e oportunidades

Todas as mulheres estão de parabéns, hoje é o seu dia. Por isso, vamos falar sobre três temas: Mulheres, finanças e oportunidades.

Três temas que se unem: mulheres, finanças e oportunidades
Três temas que se unem: mulheres, finanças e oportunidades

A diferença salarial entre mulheres e homens é cada vez mais desigual, como nos indica esta notícia referente ao ano de 2020.

Por isso, as mulheres continuam a lutar por um melhor salário e oportunidades de emprego que lhes permita terem uma vida financeiramente mais igualitária e compatível com as suas competências.

Mulheres, finanças e oportunidades

As mulheres têm estado associadas a um papel doméstico e de gestão do lar. Mas conquistaram o seu lugar num mercado de trabalho ambicioso e competitivo. Querem cada vez mais assumir lugares de liderança.

As oportunidades vão se conquistando pouco a pouco. Conseguem esta conquista porque não cruzam os braços, mantendo-se insatisfeitas, ambiciosas e procurando novos projetos. É assim que se luta pela igualdade.

Prioridades para a mulher nas finanças

Resiliência é uma palavra-chave. Representa muito bem como a mulher é cada vez mais empreendedora, procura fazer diferente e inovar.

Sou um exemplo. De todas as minhas dificuldades, das dívidas que criei, de como lutei muito para conseguir juntar dinheiro até ao ponto onde, finalmente, consegui investir foi um desafio tremendo à minha saúde mental. Não imaginam a ansiedade e o stress que tive.

Quando, finalmente, consegui pedir ajuda, posso dizer que as minhas prioridades se foram modificando e adaptando.

Agarra a tua vida financeira

Para ultrapassar a discriminação de género e os baixos salários dou-te algumas dicas que fundem o tema mulheres, finanças e oportunidades para que tenhas sucesso.

1. Poupa, mas começa a investir
Poupança

Poupar é muito importante e é algo que deve ser feito de forma contínua e todos os meses. Deves pensar na poupança como uma bóia que nos ajuda a sobreviver a tempestades inesperadas.

É por isso que devemos ter um fundo de emergência com 6 meses do nosso salário ou mais, se o conseguires. E, claro, ter projetos a curto e a longo prazo, onde poupas nesse sentido. Para viajar, estudar, casar, comprar casa, entre outros.

Investimento

No entanto, se não começares a investir vais perder os benefícios do tempo. O dinheiro investido em produtos financeiros a longo prazo, ou seja, os  juros compostos.

Se quiseres preparar, por exemplo, a tua independência financeira ou reforma, o investimento é o primeiro passo, mas para isso deves estudar como investir para aprender a enfrentar os altos e baixos do mercado.

2. Consultor financeiro

A nossa saúde financeira é essencial para termos uma vida organizada. No entanto, é muitas vezes colocada de parte como se tivéssemos de fazer tudo sozinhos.

Ter alguém com experiência ao nosso lado é uma vantagem e uma oportunidade que não devemos ignorar.

Quer estejas a começar ou já te encontres com uma grande quantidade de dinheiro para gerir, o consultor financeiro é uma pessoa especializada e com grande conhecimento. Pode ajudar-te e orientar.

O consultor vai construir contigo um portfólio diversificado de investimentos, trabalhar em função dos teus objetivos e criar um plano financeiro que podes ajustar e adaptar em todos os momentos da tua vida.

Sabe mais aqui.

3. Reforma

Vários especialistas já referiram que a segurança social se conseguir pagar a tua reforma, será um valor bastante inferior ao teu salário.

É urgente preparar um plano financeiro que inclua uma estratégia para quando chegar a altura conseguires manter o teu estilo de vida.

Não podes esquecer que à medida que envelhecemos mais assistência à saúde vai ser necessária, por isso ter um seguro de saúde é uma forma de assegurar o teu bem-estar e prevenir a doença.

Faz a tua simulação sobre a reforma, aqui.

4. Plano financeiro

Temos sempre muita dificuldade em analisar o futuro, estando demasiado concentrados no presente. Mas todas as tuas decisões são um passo na construção da tua independência financeira, segurança e conforto.

Ter um plano financeiro permite-te olhar para o que aí vem, como mudanças de carreira, casamento, filhos e velhice. A vida continua a surgir com as suas habituais surpresas, mas para outras, já antecipaste.

Saberás sempre os teus gastos, ganhos, poupanças, investimentos e seguros. O mais importante é que todos juntos formam o contexto dos teus objetivos financeiros e de vida. Porque o que é a vida sem dinheiro?

Prepara o futuro através deste artigo: “As finanças ao longo da tua vida”.

Nunca é tarde para começar a aprender a gerir as nossas finanças pessoais ou a planear o futuro.

Estes três temas: mulheres, finanças e oportunidades só mostra que nada nos impede de alcançar os nossos sonhos porque os sonhos tornam-se realidade.

Começar a planear, ter sempre à mão um orçamento familiar com gastos e ganhos, construir um fundo de emergência, poupar, investir num portfólio diversificado e ter sempre presente objetivos financeiros.

Assim, nunca te perdes. Se tiveres uma estratégia.

Parabéns à mulher que procura todos os dias a sua independência financeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.