Como fazer um orçamento familiar: apps e ferramentas

O orçamento familiar é imprescindível para controlar as despesas e os gastos que se fazem ao longo do mês. É, também, através do orçamento que a família sabe quanto consegue poupar e assim preparar os seus objetivos financeiros.

Torna-se mais fácil controlar o orçamento familiar através de apps
Torna-se mais fácil controlar o orçamento familiar através de apps

Menu do artigo

Razões para fazer um orçamento familiar

Existem muitas razões para fazer um orçamento familiar, mas apresento-te seis. Lembra-te, também, que o orçamento é muito eficaz para uma boa gestão do dinheiro em casal.

Muitos casais têm dificuldade em coordenar e dividir o dinheiro pelas várias necessidades que cada um tem, sobre os seus projetos e a educação dos filhos. Mas se se sentarem juntos e atualizarem o orçamento familiar todos os meses, podem nesse momento decidir quais os seus próximos passos.

1. Planeamento financeiro

Casal a organizar as suas finanças pessoais através do orçamento familiar feito numa app
Casal a organizar as suas finanças pessoais através do orçamento familiar feito numa app

O orçamento familiar permite que a família planeie os seus gastos e organize as suas finanças de forma mais eficiente.

Desta forma, evitam gastos desnecessários, identificam áreas onde é possível poupar e estabelecem metas financeiras realistas.

Metas financeiras

Ter metas claras e objetivas orienta para a compra de uma casa, ajuda na educação dos filhos, prepara a possibilidade de fazer viagens de sonho ou que não falte nada quando chegar a altura da reforma.

O planeamento permite identificar o que se quer, principalmente o que desejas alcançar. Torna-se mais fácil estabelecer um caminho para chegar lá.

Controlar as despesas

O planeamento financeiro é muito útil neste aspeto: ajuda a controlar as despesas.

É essencial que quando se decide qual o caminho a seguir para realizar os nossos sonhos através da poupança ou investimentos, acompanhar o dinheiro que se recebe no início do mês permite tomar decisões sobre as despesas variáveis e as dívidas, como por exemplo, amortizar ou não.

Sabes, assim, onde o dinheiro anda a ser gasto, podes renegociar serviços e ajustar outros para poderes melhorar a tua situação financeira.

Pedido de créditos

Quando existe planeamento estás mais informado sobre a situação das tuas finanças pessoais. Consciente da situação podes decidir quando é a altura certa para pedir um crédito, caso necessites.

Por isso, o risco de endividamento é nulo.

Fundo de emergência

Poupar é mais fácil, porque sabes controlar as despesas.

Deves ter um fundo de emergência para usar em casos de imprevistos, como o desemprego, uma doença ou uma despesa inesperada.

Ter um fundo de emergência proporciona tranquilidade e evita que recorras a empréstimos ou que te vejas numa situação complicada.

2. Poupança e investimentos

O orçamento familiar é um auxiliar da poupança, mas não só. É que parte dessa poupança deve ser utilizada em investimentos.

O dinheiro que for investido o mais cedo possível vai crescer e multiplicar. E é por isso que deve ser investido a pensar no longo prazo, imaginemos cinco a dez anos.

Investir aumenta o património, o dinheiro pode ser reinvestido e aplicado em diferentes produtos financeiros.

3. Ansiedade financeira

Ansiedade financeira é ter medo do futuro ou sentir uma preocupação constante com o dinheiro. No entanto, o orçamento familiar dá segurança, pois proporciona uma sensação de controlo.

É impossível uma pessoa preocupar-se com a falta de segurança financeira, quando tem metas financeiras e enfrenta as dificuldades financeiras com recurso ao fundo de emergência.

Ferramentas para criar e organizar o orçamento familiar

Existem ferramentas e apps que podem ser úteis para criar e gerir um orçamento familiar. Cada uma destas ferramentas tem as suas próprias características e benefícios, portanto, é importante experimentar e descobrir qual a que se adequa melhor às tuas necessidades e preferências.

Porquê usar estas ferramentas e aplicativos

Benefícios

  • Apontar as despesas;
  • Acompanhar os gastos nas diferentes categorias (Lazer, educação, casa, entre outros);
  • Visualizar gráficos e relatórios para uma análise mais fácil;
  • Estabelecer metas e orçamentos mensais;
  • Receber notificações sobre limites de gastos;
  • Importar dados bancários para uma atualização automática;
  • Partilhar informações com o cônjuge, facilitando a gestão e comunicação.

Escolher a ferramenta certa depende de necessidades específicas, gostos e preferências. Recomendo primeiro que experimentes e testes. Depois vês qual se adapta melhor ao teu estilo de vida e se torna a gestão financeira mais simples e eficiente.

As ferramentas não fazem nada por ti. Ajudam no controlo financeiro, mas o comprometimento da tua parte é fundamental para o sucesso da tua vida financeira.

É importante registrar todas as despesas regularmente, atualizar e ajustar o orçamento conforme necessário.

Ferramentas e apps

1. eBudget

eBudget é uma aplicação portuguesa disponível para Android que permite criar e gerir orçamentos familiares, registar despesas e receitas, e acompanhar a evolução das finanças pessoais.

Conhece a eBudget

2. KuantoKusta

O KuantoKusta é conhecido como um comparador de preços, mas também oferece uma funcionalidade para a gestão das finanças pessoais.

Permite criar orçamentos, acompanhar despesas e receber alertas de poupança.

Conhece o KuantoKusta

3. Moey!

Moey! é uma aplicação bancária digital que oferece funcionalidades de gestão das finanças, permitindo acompanhar as despesas, definir orçamentos e criar categorias personalizadas.

Conhece a Moey!

4. GoParity

GoParity é mais focada em investimentos sustentáveis, oferece ferramentas para acompanhar gastos, criar orçamentos e monitorizar o impacto das tuas escolhas financeiras.

Conhece o GoParity

5. Moneylover

Moneylover é uma aplicação portuguesa que permite registar e acompanhar despesas e receitas, criar orçamentos, definir metas financeiras e gerar relatórios. Disponível para Android e iOS.

Conhece o Moneylover

6. Mint

Mint é uma plataforma popular de gestão das finanças pessoais. Permite criar orçamentos, acompanhar despesas e receber alertas personalizados.

O Mint também fornece gráficos e relatórios visuais para uma visão clara da tua situação financeira.

A aplicação Mint é mais direcionada para os Estados Unidos e Canadá, embora seja possível utilizar algumas das suas funcionalidades podem não estar disponíveis ou não trabalharem como suposto.

Conhece a Mint

7. Tiller Money

O Tiller Money é uma plataforma que automatiza a atualização de folhas de cálculo no Google Sheets ou Excel com os teus dados financeiros. Permite personalizar e acompanhar o orçamento de acordo com as tuas preferências individuais.

Como está em inglês podes sentir algumas dificuldades.

Conhece o Tiller Money

Mas se quiseres usar folhas de cálculo cria, por exemplo, no Google Sheets e/ou Excel.

8. Wally

Na aplicação Wally podes organizaa todas as tuas despesas com visualizações diárias, semanais ou mensais, em diferentes categorias.

Conhece a Wally

9. Toshl Finance

Toshl Finance é uma aplicação que vai ajudar-te a manter os teus objetivos financeiros. Utiliza-a e controla o teu mês num orçamento familiar intuitivo e com acesso a gráficos.

Conhece a Toshl Finance

Outras aplicações que te podem ajudar, aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este website usa cookies para oferecer uma melhor experiência de utilizador. Ao usar este portal, aceita todas as cookies.